segunda-feira, 9 de junho de 2008

Amor de verdade



Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida.
Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um.
Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele.
Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente.
Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles.
Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos.
A insatisfação, o vazio interior se transformam na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão.
Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades.
Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade

(Zíbia Gasparetto)

2 comentários:

Marco Gaúcho disse...

Puxa, Alex, cada vez fico mais impressionado com os textos que escolhes... Não sou um grande leitor, mas identifico tanto meus pensamentos e minhas visões de vida em cada trecho que acho impressionante! Nesse texto, é real a necessidade de se amar primeiro mesmo... Amar-se, encarando-se no espelho, gostando de si próprio, não somente no físico (nisto eu estou aprendendo a lidar com as dificuldades de relacionamento com o espelho...rsrs), mas identificando-se cada um o seu belo conteúdo...e isso todos temos, falta nos olharmos mais profundamente e buscarmos o que temos de tão belo para nos doar... E, com a firme determinação de amar, buscar fazer a outrem feliz, pois assim, com essa realização, estaremos encontrando nossa felicidade também... Obrigado, meu amigo, por essa fonte de sabedoria e reflexão em teu blog! Abraços!

Alex - Soulman disse...

De fato, gostar de si mesmo é o exercício diário p/ nos mantermos firmes, determinados e confiantes.
E lógico, cuidando p/ não se tornar em egoísmo sem limites ou individualismo exacerbado.
Taí o grande desafio e a grande fonte de atitudes coerentes com aqueles que amamos e conosco mesmos.
Fico feliz q tenha se identificado com o que posto no blog...
Me motiva a continuar e a partilhar as idéias nas quais acredito.

Um forte abraço.