sábado, 9 de agosto de 2008

Amizade



As amizades nascem do acaso.
Ou de alguma força que faz com que uma simples brincadeira, uma informação, um caderno emprestado, uma dor seja capaz de unir duas pessoas.
E a cumplicidade vai ganhando corpo e o desejo de estar junto vai aumentando e, com ele, a sensação sempre boa do poder partilhar, de se doar.
A amizade não obedece à ordem da proporcionalidade do merecimento.
Não há sentido em querer de volta tudo o que gratuitamente se distribuiu.
A cobrança esmaga a espontaneidade da amizade, e a surpresa alimenta o desejo de estar junto.
O amigo gosta de surpreender o outro com pequenos gestos.
Coisas aqui e ali que roubam um sorriso, um abraço, um suspiro.
E tudo puro, tudo lindo.

Um comentário:

Délia disse...

É ρгєcisσ ρгєsєгvαг α вєlєzα đσs
ησssσs cσгαςõєs.
Sαвєг σlhαг cσм ρμгєzα đє αlмα.
Rєsρiгαг cσмσ sє ηαscêssємσs
α cαđα iηsтαηтє.

Ągiг ηα cαlмα є ηα sєгєηiđαđє.
Cμlтivαг μмα flσг.
Mєгgμlhαг єм άgμαs liмραs.
Oμviг μмα мєlσđiα.
Agгαđєcєг α vίđα.

Nãσ đєixαг qμє σ єηcαηтσ sє
đissσlvα điαnтє đσ мμηđσ
Sμгfαг ηαs σηđαs đσ iηfiηiтσ.
Ąтέ qμє α єтєгηiđαđє є σ αмσг
ησs eηvσlvα ησs fαςα viвгαг
є sєηтiг cαđα мσмєηтσ.

Pσг issσ, αρгovєiтє α viđα
є sєjα feliz!! beijos no coração!1 Délia!!!