terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Eu amo você



Pensando sobre nós, sobre nosso vivido e sobre o que pensamos em viver, arrisco uma adaptação de um poema de Roy Croft.
É a tentativa de materializar em palavras aquilo que sinto.
Pois o que sinto de verdade e profundamente é que eu amo você.
Eu amo você, não somente pelo que é, mas pelo que eu sou quando estamos juntos.
Eu amo você, não pelo que você fez de si, mas pelo que está fazendo de mim.
Eu amo você pela parte de mim que está-se revelando, a parte de mim que se mantia em segredo.
Eu amo você, por colocar a sua mão dentro do meu machucado coração e retirar os medos, as fraquezas, as dúvidas, as inseguranças.
Eu amo você por trazer para perto da luz tudo o que eu tenho de bonito e ninguém mais tinha visto porque estava muito longe para ser encontrado.
Eu amo você porque está me ajudando a fazer das madeiras da minha vida, não um bar, mas um templo.
Eu amo você por se revelar e torna-se nua, assim como eu me revelo e desnudo meu coração.
Eu amo você por ser a pessoa que entende, que acaricia, que mergulha em minh'alma e tira dela o que há de mai bonito.
Eu amo você por sentir que o amor que te ofereço, não é obrigação nem simples oferenda, mas sim, uma troca e um completar constante.
Eu amo você por tornar a vida e o meu dia-a-dia, não uma vergonha, mas uma canção de amor.

(Alex Mühlstedt - Um amor que é singular)




4 comentários:

vanecavalli disse...

Todo o blog sempre de muito bom gosto, lindíssimo

Minha admiração por você cresce a cada dia mesmo...

Oh amigo, me conte de onde sai tanta inspiração???

Abração, fique com Deus

Alex - Soulman disse...

A inspiração para esse blog vem de amigas e amigos que me ensinam a cada dia o qto a amizade é realmente preciosa.
Vem tbém do amor que, a cada dia, me ensina que no mundo há mta coisa boa p/ se experimentar, para se viver...

Forte abraço, minha querida Vanessa!!

Anônimo disse...

Lindas palavras que se tornam músicas para meu ouvido quando as lejo, que me fazem voar quando as respiro, que me subem até o mais alto da minha alma para ver ao longe um destino. Destino? Qué medo essa palavra... D E S T I N O. Mas... como não ir até o além com alguém que me completa deste jeito? Como ter medo de querer fazer um caminho de mãos dadas com algém que me mostra cada dia a beleza da vida, do amor e das almas boas...? Não tenho medo, não. Apenas me deixo levar por esse ser que me completa e me faz sentir um amor maduro e não me dá escolha: só posso dizer que quero sentir sentindo e partilhando com alguém muito especial na minha vida... com você.
Un abraço enorme...
...EU

Alex - Soulman disse...

Eu tbém sinto isso...

profundamente eu sinto... e por isso é tão especial!!