domingo, 8 de novembro de 2009

Só sinto


Hoje, enquanto olhava pela janela, senti falta da sua amizade.
Senti falta daquele toque de sinceridade e daquela ternura singular.
Hoje, enquanto apreciava a chuva que caía, senti a ausência que dói e a saudade que aperta o coração.
Hoje, enquanto percebia o vento que soprava, senti que meu coração palpitava na esperança do reencontro.
Hoje, enquanto contemplava as nuvens escuras e pesadas se movendo, senti que aquele movimento poderia ser de aproximação.
Hoje, enquanto esperava as nuvens se dissiparem, percebi que a amizade de verdade é tão forte que a simples saudade se torna algo difícil de suportar, mas necessária para provar que amigos de verdade não se separam, mas se fortalecem quando o pensamento os une.
(Alex Mühlstedt - Com saudade)

Um comentário:

CANTINHO FELIZ! disse...

Meu amigo....sempre escrevendo coisas lindas que o coração da gente fica feliz só de ler....Um abraço meu amigo! Deus te abênçõe!